Carregando... Por favor, aguarde...
 
Livraria RED
   
 
11 3853-7505
 
 

Assine News


O julgamento de Kissinger

  • Imagem 1
Preço:
R$ 42,00
Código:
85-85934-98-0
Peso:
0,20 KGS
Pagamento:
Entrega:
Entrega grátis
Recomendar:
Quantidade:
Bookmark and Share


Descrição do Produto

O julgamento de Kissinger

Christopher Hitchens

192 páginas


Em O julgamento de Kissinger, Christopher Hitchens monta uma verdadeira peça de acusação contra Kissinger, extremamente bem documentada. A tese central de Hitchens é a de que, pelas leis internacionais, Kissinger deveria ser julgado e condenado por todos os crimes perpetrados nos anos passados na Casa Branca (a partir de 1969 como assistente de segurança nacional do presidente Nixon, e de 1973 a 1976 como Secretário de Estado). Nesses anos, Kissinger presidiu o comitê encarregado de supervisionar todas as operações encobertas efetuadas pelos diversos organismos do governo, a começar pela CIA.

As acusações de Hitchens se concentram em questões como o assassinato de milhares de civis durante a Guerra do Vietnã; o suporte e as armas oferecidas em 1971 ao golpe militar conduzido em Bangladesh pelo general Yahja Khan; o envolvimento direto dos EUA no assassinato de René Schneider, comandante das forças armadas chilenas, em 1971; o apoio dado ao então ditador Suharto quando o exército da Indonésia invadiu o Timor Leste, matando outros milhares de civis. O autor defende ainda a tese de que Kissinger deveria ter o mesmo tratamento dado ao ex-presidente iugoslavo Slobodan Milosevic pela Corte Internacional de Haia, acusado pelas potências ocidentais de crimes de guerra contra a humanidade.

Kissinger nunca respondeu às acusações, contando com a cumplicidade do poder político e econômico norte-americano. Já em Paris, um juiz investiga o desaparecimento de cinco franceses após o golpe no Chile e magistrados argentinos tentam interrogá-lo sobre assassinatos durante a ditadura. A Suprema Corte do Chile também aprovou a convocação de Kissinger para depor sobre a morte do jornalista norte-americano Charles Horman (o que inspirou o filme Desaparecido, de Costa-Gravas).

No Brasil, quase foi condecorado pelo governo de Fernando Henrique Cardoso com a Ordem do Mérito do Cruzeiro do Sul, uma das mais altas condecorações do país.

 

 

Encontrar produtos similares pela categoria

Clientes que viram este produto também viram

Incluir na lista

Clique no botão abaixo para incluir O julgamento de Kissinger em sua lista de desejos.

Recentes


 
   
 
 
Livraria RED
São Paulo
11 3853-7505
atendimento@livrariared.com.br
 
Powered by Sua Marca