Carregando... Por favor, aguarde...
 
Livraria RED
   
 
11 3853-7505
 
 

Assine News


DVD - Jallalla Bolivia! Evo Presidente

  • Imagem 1
Preço:
R$ 15,00
Peso:
0,18 KGS
Pagamento:
Entrega:
Entrega grátis
Recomendar:
Quantidade:
Bookmark and Share


Descrição do Produto

Jallalla Bolivia! Evo Presidente

um documentário de Carlos Pronzato

Nas eleições presidenciais de dezembro de 2005, Evo Morales conseguiu ser vencedor, ao obter 53,74% dos votos, frente a 28,59% de seu principal opositor, Jorge Quiroga. Pela primeira vez na Bolívia, um indígena subia ao poder pelo voto popular, com uma margem considerável sobre o segundo postulante.A posse de Evo Morales representou um momento histórico na política boliviana. Por ter sido o primeiro presidente eleito de origem indígena, Evo fez questão que a sua posse tivesse um forte simbolismo religioso representando o valor de sua origem. Em 21 de janeiro de 2006, um dia antes da posse constitucional no Parlamento, vestiu trajes típicos e compareceu ao cerimonial religioso nas ruínas de Tiwanaku, a localidade mais importante da civilização pré-incaica do Altiplano Bolivano. Cerca de quarenta mil pessoas estiveram no sítio arqueológico, muitas delas segurando tanto bandeiras da Bolívia, quanto wiphalas, a multicolorida bandeira que representa os povos originários do Altiplano.Morales recebeu o mando originário na pirâmide de Akapana (ainda em escavações). Ali foi designado Apu Mallku, pelo líder espiritual aimará Valentin Mejillones, vestindo o gorro de quatro pontas que lhe confere poder sobre os quatro pontos cardeais e segurando o báculo da autoridade conferida pelo deus Sol. Mejillones foi posteriormente preso pela polícia boliviana, por porte, tráfico e produção de drogas. “Não importa quem seja, a pessoa que comete uma irregularidade, deve se submeter à lei”, disse na ocasião o vice-presidente Álvaro García.Em 22 de janeiro, foi empossado presidente em uma cerimônia em La Paz, onde recebeu inúmeros chefes de estado, Morales descreveu sua presidência como o marco de uma nova era e que 500 anos de colonialismo agora tinham chegado ao fim. Um de seus primeiros gestos como presidente foi de reduzir seu salário em 57% para US$1.875 por mês. Morales anunciou também sua intenção de levar aos tribunais seu predecessor, o ex-presidente interino, Eduardo Rodríguez, e o então ministro da Defesa, Gonzalo Méndez Gutiérres, acusando-os de traição à Pátria ao terem transferido 28 mísseis terra-ar MHN-5 de fabricação chinesa que se encontravam nos arsenais bolivianos e foram entregues aos Estados Unidos. A ideologia de Morales sobre as drogas pode ser resumida nas palavras “folha de coca não é droga”; de fato, o hábito de mascar folha de coca sempre foi uma tradição das populações locais (aimarás e quíchuas) e seu efeito como droga é menos forte que a cafeína contida no café, mas para muitos bolivianos pobres é considerada a única forma de manter-se trabalhando o dia todo, o que pode ser quinze a dezoito horas para alguns. A prática de mascar folhas de coca pelas populações indígenas na Bolívia tem mais de mil anos e nunca causou nenhum problema na sua sociedade relacionado com as drogas.

Encontrar produtos similares pela categoria

Clientes que viram este produto também viram

Incluir na lista

Clique no botão abaixo para incluir DVD - Jallalla Bolivia! Evo Presidente em sua lista de desejos.

Recentes


 
   
 
 
Livraria RED
São Paulo
11 3853-7505
atendimento@livrariared.com.br
 
Powered by Sua Marca